Vídeo: Bolsonaro volta a subir o tom contra Barroso: “Ele está abusando e não é de hoje”

Na manhã desta segunda-feira (02), o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (sem partido), comentou sobre as manifestações que aconteceram em todo o Brasil neste fim de semana, em apoio ao voto impresso.

Bolsonaro aproveitouvoltou a subir o tom em suas críticas contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, atual presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Bolsonaro afirmou:

“Alguém sabe o que mais credenciou o Barroso para ir para o Supremo? Ser advogado do terrorista Cesare Battiste. Para o Barroso, ele não é um assassino, ele não destruiu quatro famílias. Ele é uma pessoa decente, honesta. Como ele foi advogado, o PT gostou dele. Entre outras coisas, ele defende o aborto, a liberação das drogas… Ele defende um montão de coisas que não presta. Ele acha que é um máximo. Ele se acha um máximo. Agora, ele tem os limites dele. Eu tenho os meus limites e ele tem os dele, e ele está abusando e não é de hoje”, afirmou o Chefe do Poder Executivo.