Bia Kicis volta a enfrentar Barroso sobre o voto impresso: “É um desrespeito ao parlamento!”

Bia e Barroso

A deputada federal Bia Kicis, presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, voltou a fazer críticas com relação a postura do ministro Luís Roberto Barroso – presidente do Tribunal Superior Eleitoral – no tocante à questão do voto impresso.

De acordo com a parlamentar de direita, o ministro, que é de esquerda, está gastando dinheiro público em uma campanha contra a necessidade do voto impresso auditável.

“O ministro está gastando dinheiro do contribuinte para fazer campanha contra o voto impresso. Isso é um absurdo!”, disse ela.

Bia também voltou a falar sobre seu convite ao ministro para dialogarem acerca do voto impresso, ao qual foi recusado pelo ministro. A parlamentar comentou sobre as críticas feitas pelo TSE ao projeto.

“Se ele não tem que cuidar disso, se o TSE é um órgão que executa a eleição, […] ele não tem que pagar 3 milhões para fazer campanha contra uma PEC que está sendo analisada no Congresso. Isso é um desrespeito ao Parlamento”, afirmou a deputada.

Por fim, Bia indagou sobre a iniciativa da oposição aos trabalhos do Congresso por parte do Judiciário, com o uso de dinheiro público.

“Ali é o palco do debate. Estamos construindo uma emenda à Constituição Federal, e o ministro está gastando dinheiro do contribuinte para fazer campanha contra. Isso é um absurdo!”, concluiu a deputada.

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as notícias em primeira mão. CLIQUE AQUI
Relacionados:  Datena detona Doria: “Não segue ciência coisa nenhuma!”