Bolsonaro detona Lula e faz alerta: “Se não tivermos o voto auditável, esse canalha, pela fraude, ganha as eleições do ano que vem”

O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (sem partido), participou neste sábado (15) de manifestações favoráveis ao seu governo. No ensejo, ele voltou a criticar duramente o petista Luiz Inácio Lula da Silva, do Partido dos Trabalhadores.

Na opinião do atual Chefe de Estado, caso o voto impresso auditável não esteja em rigor nas eleições presidenciais do ano que vem, Lula sairá o vencedor da disputa.

“Se tiraram da cadeia o maior canalha da história do Brasil, se para esse canalha for dado o direito de concorrer, o que me parece é que, se não tivermos o voto auditável, esse canalha, pela fraude, ganha as eleições do ano que vem. Não podemos admitir um sistema eleitoral que é passivo de fraude”, disse o Chefe de Estado.

A declaração aconteceu em um carro de som que estava na manifestação de apoio ao presidente, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. No veículo, estava escrito: “O que for preciso eu autorizo presidente”.

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as notícias em primeira mão. CLIQUE AQUI
Relacionados:  Em protesto, ator Fábio Porchat vai com máscara ‘fora Bolsonaro’ em missa se 7º dia de Paulo Gustavo