Lucro da Caixa aumenta 50% no 1º trimestre e chega a R$ 4,6 bilhões

Guedes Caixa

Sob a gestão Bolsonaro/Paulo Guedes, a Caixa Econômica Federal anunciou nesta quarta-feira, 12, que registrou um lucro líquido contábil de R$ 4,6 bilhões no primeiro trimestre em relação ao mesmo período do ano passado. Isso significa uma alta de 50,3% na comparação com os três primeiros meses de 2020 (R$ 3,049 bilhões). Em relação ao último trimestre do ano passado (R$ 5,671 bilhões), houve queda de 19,2%.

De acordo com a Caixa, o bom resultado no primeiro trimestre de 2021 se deve ao aumento de 4,1% na margem financeira e à redução de 17,1% nas despesas de pessoal e 25,1% em outras despesas administrativas, além do “recebimento de R$ 1,5 bilhão auferidos em decorrência da conclusão das parcerias estratégicas nos ramos de consórcio e capitalização concluídas com a Caixa Seguridade”.

Na comparação com outros bancos brasileiros de capital aberto, o lucro da Caixa no primeiro trimestre superou o do Banco do Brasil (R$ 4,2 bilhões) e do Santander (R$ 2,8 bilhões). O maior lucro registrado no período foi o do Bradesco (R$ 6,15 bilhões), seguido pelo Itaú Unibanco (R$ 5,4 bilhões).

Com informações da Revista Oeste

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as notícias em primeira mão. CLIQUE AQUI
Relacionados:  Em vídeo vazado, Jornalista da Globo grita e surta com funcionários e internautas reagem: "grosseria do bem"