Aliada de Bolsonaro, Bia Kicis assume comando da CCJ, comissão mais importante da Câmara

Bia

Aliada do presidente Jair Bolsonaro, a deputada Bia Kicis (PSL-DF) é a nova presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, a mais importante da casa legislativa. Ela vai substituir o deputado Felipe Francischini (PSL-PR) . A parlamentar já se envolveu em polêmicas, quando apresentou um projeto de lei para desobrigar uso de máscaras em meio a pandemia de coronavírus e comemorou a abertura do comércio em Manaus.

Pelas redes sociais, a deputada comentou a escolha e destacou que tem carreira no meio jurídico. “É uma grande honra para mim e muita responsabilidade, para a qual meus 24 anos como procuradora, um ano como primeira vice-presidente da CCJ e meu amor pelo Brasil me habilitam, com fé em Deus!”, escreveu Kicis, em resposta a uma de suas seguidoras.

Pelo acordo firmado no PSL, o presidente da sigla, Luciano Bivar (PE) vai ocupar a primeira secretaria da Câmara. A CCJ tem como responsabilidade avaliar a constitucionalidade de Propostas de Emenda à Constituição, de projetos de lei, e fundamentos legais e regimentais das proposições.

Correio Braziliense

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as notícias em primeira mão. CLIQUE AQUI