Após suspeita de agredir apoiadores de Bolsonaro, vereador do PT acaba preso em protesto

O vereador de Curitiba Renato Freitas (PT) foi preso na noite desta sexta-feira (23) suspeito de agredir um homem durante uma manifestação na Praça Rui Barbosa, no Centro da capital, de acordo com a Guarda Municipal.

O órgão informou que o vereador foi levado para a Central de Flagrantes, no bairro Portão. Segundo a guarda, antes da detenção, Freitas “foi convidado a acompanhar os guardas, mas resistiu”. Assista ao vídeo acima.

Reinaldo Machado, de 57 anos, diz ter sido agredido pelo vereador após uma discussão na manifestação contrária ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Na Central da Flagrantes, ele estava com um machucado no rosto próximo ao olho esquerdo.

Machado diz que tinha ido a uma agência bancária quando viu o vereador discutindo com uma senhora na manifestação.

“Eu chamei a atenção dele: ‘você não pode ficar falando essas coisas, acusando que o governo [federal] está matando as pessoas. Isso não é certo’. Ele começou a falar ‘fora Bolsonaro’, colocou o megafone no meu rosto e bateu no meu nariz. Ele se afitou e foi contra mim. Me agrediu”, afirma.

Fonte: G1