Cantor Erasmo Carlos detona CPI: “É um circo. É inacreditável. A cada dia sou surpreendido por mais blablablá”

O cantor Erasmo Carlos, que recentemente completou 80 anos de vida, fez críticas com relação aos trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia. O músico classificou a comissão como “circo”.

“É um circo. É inacreditável, eu não sei como tem gente tão sem noção. Fico bestificado de ver tanta desinformação. A cada dia sou surpreendido por mais blablablá, isso me deixa muito triste”, disse ele.

O cantor também contou como ele sua mulher vem se cuidado no decorrer da crise sanitária.

Leia mais:  “Não chamem a Globo de lixo. Lixo é reciclável”, afirma Bolsonaro

“Há um ano e quatro meses eu e minha mulher estamos dentro de casa. A gente não sai, não vai a lugar nenhum. Cumpri bem todas as regras. A gente foi se adaptando, sentindo falta de algumas coisas”, contou.

Ele também criticou políticos que supostamente estão envolvidos em esquemas de corrupção na pandemia.

“Fico bestificado com quem não é assim [honesto], essa gente corrupta que governa. Não admito alguém usar uma pandemia em proveito próprio”, disse.

Leia mais:  Após aparecer em segundo lugar para o governo de SP, Weintraub afirma: "Eis a razão de tantos ataques!"
Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as notícias em primeira mão. CLIQUE AQUI