“Temos um presidente que comemora a morte de bandido, sim”, diz Eduardo

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL – SP), rebateu críticas em direção ao seu pai, o presidente da República, sobre publicações que o Chefe de Estado fez comemorando a execução do serial killer Lázaro.

O parlamentar classificou o assassino como um “demônio” e apontou que o mandatário defende as vítimas de marginais.

Além disso, Eduardo destacou que “pela primeira vez em muitas décadas”, o país possui um “presidente que comemora a morte de bandido, sim”.

“Pela primeira vez em muitas décadas, temos um presidente que comemora a morte de bandido, sim. Como sempre, o presidente Jair Bolsonaro está do lado dos homens e mulheres vitimados pelo demônio Lazaro Barbosa. Tenha certeza: qualquer outro na cadeira presidencial lamentaria a morte do monstro.”, disse o parlamentar.