Bolsonaro dá reprimenda em Barroso: “Não pode um ministro do Supremo mentir!”

Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) acusou o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), de mentir sobre o voto impresso. Em conferência de imprensa durante viagem a Sorocaba (SP), Bolsonaro fez uma falsa acusação ao dizer que o ministro teria declarado que o voto impresso era um retorno ao voto em papel.

“Prezado ministro Barroso, do Supremo, é mentira quando diz que é o voto de papel novamente. É mentira e o senhor sabe disso. Não pode um ministro do Supremo mentir”, afirmou o presidente.

A PEC do voto impresso não prevê voto em cédula e nem comprovante, mas sim que as urnas irão imprimir um voto, deposita-lo automaticamente em uma urna lacrada para futura conferência.

Em seguida, o presidente voltou a criticar a urna eletrônica ao apontar possíveis falhas de segurança contra invasões de hackers. “Os hackers entram na Nasa, entram nos nossos ministérios, entram em tudo quanto é lugar, não vão entrar aqui?

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as notícias em primeira mão. CLIQUE AQUI