Eduardo Bolsonaro cogita que Lázaro Barbosa seja abatido pelas Forças Policiais

Através das rede sociais, o deputado federal Eduardo Bolsonaro defendeu que o serial killer do Distrito Federal, Lázaro Barbosa, seja morto. O criminoso está em fuga há 10 dias.

As procuras por Lázaro Barbosa, de 32 anos, chegam ao 10º dia. A força-tarefa responsável pela operação é composta por mais de 200 policiais e está sediada no distrito de Girassol, em Cocalzinho-GO, cidade interiorana onde reside o pai de Lázaro. Na noite de ontem (dia 17), o secretário de Segurança de Goiás, Rodney Miranda, informou que o procurado foi visto três vezes por testemunhas. O momento de maior movimentação ocorreu por volta das 16:30, quando a equipe de policiais chegou a trocar tiros com Lázaro.

Leia mais:  Luciano Hang reergue estátua da Havan e manda recado para a esquerdalha: "Para tristeza da esquerda, ela voltou!"

No fim da tarde de ontem (dia 17), o centro de comando foi informado de que Lázaro foi avistado em um matagal às margens da BR-070, próximo à cidade onde está instalada a base de comando. Na ocasião, policiais civis e militares, viaturas e três helicópteros se mobilizaram, e alguns agentes trocaram tiros com o suspeito.

Com informações do Jornal de Brasília

Leia mais:  Bolsonaro repudia Rodrigo Maia: 'O Congresso quer trabalhar, mas estava refém de uma pessoa'
Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as notícias em primeira mão. CLIQUE AQUI