Eduardo sobe o tom e detona: “Witzel correu como um rato”

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) detonou ex-governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel (PSC) depois de seu depoimento na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid no Senado na 4ª feira (16.jun.2021). “Witzel correu como um rato”, disse o congressista em seu perfil no Twitter,

Witzel foi afastado por esquema de roubos na saúde e tentou culpar Bolsonaro pela pandemia no país.

O deputado também compartilhou uma publicação de seu irmão, o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) com críticas à Witzel e ao relator da CPI, senador Renan Calheiros (MDB-AL). Flávio afirma que Renan e Witzel fizeram “perguntinhas casadas” e chama o ex-governador de covarde.

Leia mais:  “CPF cancelado”, diz Bolsonaro ao parabenizar Polícia pela prisão e morte de Lázaro Barbosa

Eduardo ainda relembra em sua publicação o ataque de seu pai ao então governador do Rio na reunião ministerial de 22 de abril, que veio a público em maio de 2020. No vídeo da reunião, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chama Witzel de “estrume”.

Leia mais:  Renan Calheiros ficou irritado com a visita de Bolsonaro a Alagoas: ‘Pare com a baixaria’

“Talvez o apelido certo seja aquele mencionado pelo presidente na reunião ministerial mesmo”, disse Eduardo.

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as notícias em primeira mão. CLIQUE AQUI