‘Não há chance de eu participar de frente ampla contra o presidente’, afirma Janaina Paschoal

Janaína

A deputada estadual e jurista Janaina Paschoal (PSL-SP) afirmou neste domingo, 6, em publicação nas mídias sociais, que não participará de movimentos políticos contrários ao presidente da República, Jair Bolsonaro. “Tenho sérias críticas ao estilo do presidente, nunca deixei de expressá-las e, por isso, vivo na mira de bolsonaristas”, disse Janaina. “Mas eu sei o que é a esquerda e sei como são condescendentes aqueles que se unem à esquerda.”

Segundo a parlamentar estadual mais votada da história, não há chance de estabelecer aliança com grupos políticos que pretendem se unir para enfrentar Jair Bolsonaro nas eleições de 2022. “Por mais que me convidem e até pressionem, não há chance alguma de eu participar de frente ampla contra o presidente”, asseverou. “Em 2022, se surgir uma terceira via consistente, eu apoio. Se não, como muitos dos que me atacam, serei obrigada a votar nele.”

Janaina rechaçou também a hipótese bizarra de cassação do mandato do presidente da República. “O problema é que as pessoas querem que eu diga o que elas querem — e não o que eu quero”, desabafou. “E eu sou o que sou e seguirei agindo conforme a minha própria mente, goste-se ou não. Não vou pedir impeachment de Bolsonaro, por não haver crime de responsabilidade e porque não quero!”

Fonte: Revista Oeste

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as notícias em primeira mão. CLIQUE AQUI
Relacionados:  Prestes a se aposentar, Ministro Marco Aurélio faz alerta aos colegas para STF não invadir competências de outros poderes