Correios registram lucro líquido de R$ 1,53 bilhão em 2020

Guedes

Os Correios registraram lucro líquido de R$ 1,53 bilhão em 2020. O resultado foi publicado nesta 5ª feira (27.mai.2021) no Diário Oficial da União.

O resultado do ano passado foi significativamente melhor do que o de 2019. Naquele ano, a estatal também teve lucro, mas foi de R$ 102 milhões. O resultado de 2020 consolidou uma série de balanços positivos para os correios. Foram 4 anos seguidos de lucro.

Antes disso, a estatal acumulou um prejuízo de R$ 2,3 bilhões. Mas agora os Correios tem conseguido se recuperar. O prejuízo acumulado foi reduzido para R$ 859,2 milhões.

O patrimônio líquido também registrou crescimento em 2020. Foi de R$ 146,7 milhões para R$ 949,6 milhões. No total, o capital social dos Correios é de R$ 3,4 bilhões.

Atualmente, os Correios são uma empresa estatal, mas o governo planeja sua privatização. Em abril, a Câmara dos Deputados aprovou a urgência do PL 591 de 2021, que possibilita a venda dos Correios. O texto é do governo federal. O presidente Jair Bolsonaro levou o projeto pessoalmente ao Legislativo no fim de fevereiro.

Desde então o projeto está parado no Congresso. Para que seja votada em plenário, é necessária a criação de uma comissão temporária.

Segundo o ministro das Comunicações, Fábio Faria, caberá ao Congresso definir o modelo de privatização dos Correios. Atualmente, a empresa é 100% pública. “Quem vai decidir o processo dos correios, se vai ser privatização, concessão, vendas de ação, ou não, é o Congresso Nacional”, disse em 12 de maio.

O texto do governo estabelece que a União manterá para si uma parte dos serviços, chamada na proposta de “serviço postal universal”. Esses serviços incluem a entrega de encomendas simples, cartas e telegramas.

Relacionados:  General chama CPI de ‘circo’, sai em defesa da Dra. Nise e detona a comissão: “Desumanos e cretinos”
Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as notícias em primeira mão. CLIQUE AQUI