Novo integrante do PT, Jean Wyllys ‘justifica’ sua filiação ao partido como “estratégia contra o fascismo”

Jean

Jean Wyllys, ex-deputado federal pelo Partido Socialismo e Liberdade e ex-participante do BBB, anunciou nesta segunda-feira (24) a sua oficial filiação ao Partido dos Trabalhadores, no decorrer de uma cerimônia virtual que contou com a presença dos ex-presidentes Lula e Dilma;

O Deputado e militante ressaltou que esteve do lado do petista [Lula] no momento em que ele era ‘difamado’ e julgado por Sergio Moro, a quem ele classifica como ‘juiz corrupto’.

“No momento mais grave da difamação e do complô contra Lula, que culminou com sua prisão por mais de um ano, momento em que o juiz corrupto Sergio Moro era constituído como herói por ter agido com má-fé contra Lula, eu permaneci do lado de Lula, mesmo sabendo o preço que eu pagaria e já estava pagando. E fiquei do lado de Lula porque o que me movem são princípios, os princípios que agora me levam a me filiar ao PT”, disse o socialista.

O Ex-BBB ainda ‘justifica’ sua filiação à sigla como uma “estratégia contra o fascismo e uma forma de comprometer Lula e o PT com a agendas das quais não podemos abrir mão”.

O Ex-BBB também afirmou:

“Depois de Lula ter conseguido de volta seus direitos políticos, ele reacendeu a esperança no povo brasileiro de que podemos reconstruir a democracia brasileira e novos e bons tempos. Lula aparece em todas as pesquisas como o único candidato capaz de vencer Bolsonaro e seu fascismo no próximo ano”.

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as notícias em primeira mão. CLIQUE AQUI
Relacionados:  Bia Kicis volta a enfrentar Barroso sobre o voto impresso: “É um desrespeito ao parlamento!”