Frente a frente com Renan, Pazuello diz que o Brasil sofre com dois vírus tão avassaladores quanto o coronavírus: “a corrupção e a impunidade”

O general de Divisão do Exército Brasileiro, Eduardo Pazuello, está neste momento depondo na CPI da Pandemia. Ele foi ex-ministro da Saúde do governo e anda sendo alvo de ataques da oposição.

O general afirmou que o Brasil, mesmo antes da crise sanitária ocasionada pelo coronavírus, já sofria com dois vírus “avassaladores”: “a corrupção e a impunidade”.

“A pandemia serviu para escancarar uma realidade bastante conhecida na Saúde Pública: a superlotação; leitos nos corredores; falta de medicamentos; falta de insumos; equipamentos e profissionais insuficiente; profissionais da área da Saúde desvalorizados e, algumas vezes, desmotivados. São problemas que se arrastam à décadas, resultado de anos de negligência, de inoperância e de desvios de recursos públicos em todas as áreas”, disse.

“Muito antes dessa pandemia, o brasileiro já sofria com a disseminação de dois vírus tão avassaladores como o Coronavírus: “o vírus da corrupção e o da impunidade, ainda bastante presentes e que também matam milhares de brasileiros todos os dias. Registro aqui: De forma tão avassaladora e cruel quanto o coronavírus, pois sugam recursos da Saúde Pública do Brasil”, defendeu

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as notícias em primeira mão. CLIQUE AQUI
Relacionados:  Certeiro, Bolsonaro oferece mudas para Macron reflorestar a França