‘Apareci em pesquisas para 2022 e comecei a ser atacado, o mecanismo tem medo de mim’, diz ex-ministro Weintraub

O ex-ministro da Educação do Governo Bolsonaro, Abraham Weintraub, em entrevista concedida à Jovem Pan, falou acerca da atual conjectura política no Brasil, além da possibilidade de se lançar como candidato no ano que vem pelo estado de São Paulo.

Sem saber ainda para qual cargo poderá vir, Abraham – que atualmente reside nos Estados Unidos – disse que ficou assustado quando foi ler jornais e viu que seu nome estava sendo acusa de improbidade administrativa.

“Eu abri o jornal um dia e estava escrito ‘Weintraub processado por improbidade administrativa’. Poxa eu fiquei assustado porque sou leigo nisso. Improbidade administrativa pra mim é corrupção. Eu cliquei em cima e era porque falei que tinha droga em universidade. Isso é revoltante”, disse ele.

O Ministro também afirmou que não é um político, porém o ‘mecanismo’ possui medo dele e por isso já iniciaram bombardeios de ataques em sua direção.

“Eu não sou político, mas sou uma pessoa pública e começaram a lançar meu nome para cargos. De repente isso ameaçou o establishment e o mecanismo tem medo de mim. Apareci em uma pesquisa de opinião e começaram os ataques. Além da improbidade, apareci no Fantástico porque há um ano e meio atrás eu soltei um tuíte tirando sarro da proposta de uma deputada que queria que o Estado provesse absorvente para mulheres pobres. Eu acho que o mecanismo ficou apavorado”.

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as notícias em primeira mão. CLIQUE AQUI